Em homenagem à operação “Carne Fraca”, vou colocar 5 filmes onde os personagens comem carne bovina (ou o que parece ser carne bovina). No caso, não é carne estragada, para dar um toque de otimismo ao post. Enquanto os lotes de carne vencida não forem recolhidos dos supermercados, no entanto, melhor tomarem cuidado.

O Bebê de Rosemary (1968)

     Para quem ainda não viu o filme: Rosemary fica grávida do capeta. À medida que o feto se desenvolve dentro de seu útero, a mulher sofre os efeitos nefastos da inseminação maldita. Um desses efeitos é a vontade animalesca, bestial, de comer carne quase crua (não é carpaccio). Há uma cena em que ela coloca um bife na frigideira, deixa passar alguns segundos e bota a coisa toda na boca dando um novo significado ao termo “mal passado”.

Rocky, Um Lutador (1976)

     Essa cena é clássica: Rocky, o lutador, treina no frigorífico onde trabalha seu cunhado. Ao esmurrar grandes peças de carne, poupa os clientes do local de terem que amaciar a carne e, ao mesmo tempo, prepara-se para a luta decisiva onde irá desafiar o campeão mundial Apolo Creed.

Touro Indomável (1980)

     Por coincidência, mais um boxeador nesta lista. Jake La Motta, interpretado por Robert DeNiro, quer comer o seu bife. Sua mulher quer passar um pouco mais a peça para que ele não dê uma de Rosemary. Esse pequeno dilema causa uma grande discussão e Jake recebe um bife mal passado que lhe desagrada, virando a mesa (literalmente) e tendo um chilique digno da pessoa destemperada que ele é.

As Grandes Férias (1988)

     Esse filme não é nenhum clássico, mas possui uma cena inesquecível. O momento em que John Candy, Dan Aykroyd e suas famílias entram no restaurante Paul Bunyan´s Cupboard e John aceita traçar uma peça de carne gigantesca , o “96er”. Como a carne tem 96 onças, isso dá aproximadamente 2 quilos e 722 gramas. Existe uma série chamada “Man vs. Food”, que tem uma “vibe” muito semelhante a esse cena do filme.

Madrugada Muito Louca (2004)

     Esse é o momento do hambúrguer. Não, não vou colocar a cena do “Pulp Fiction” com o “Big Kahuna”, Tarantino terá outras oportunidades para aparecer nesse blog. Prefiro indicar um filme menos brilhante, mas engraçado e subestimado, abrilhantado pelos dois personagens Harold e Kumar. O objetivo deles no filme é chegar ao White Castle, uma rede de fast-food e traçar aquilo que você está vendo nessa imagem. Honesto e digno.

 

Anúncios